Hellen Caroline faz show de lançamento do CD “Meu Jeito de Ser”

Hellen Caroline faz show de lançamento do CD “Meu Jeito de Ser”

Postado em

Nesta sexta-feira (4), Hellen Caroline sobe ao palco do Carioca Club para a realização do show de lançamento do CD “Meu Jeito de Ser” e para marcar o início da nova turnê. Além de apresentar algumas músicas do álbum, a morena contará com participações mais do que especiais, entre elas, Péricles, que se junta a ela em um show que promete ser inesquecível.

 

No início do ano Hellen foi convidada para gravar uma música com o sambista no seu terceiro trabalho solo. Elogiadíssima, a canção “Dois Rivais” (https://www.youtube.com/watch?v=APoHkEwrqJ4) é um dos destaques do disco do cantor, “Feito Pra Durar”.

 

SERVIÇO: 

Evento: Show de Lançamento do CD e da turnê “Meu Jeito de Ser” da Hellen Caroline 

Cidade: São Paulo/SP

Local: Carioca Club 

Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros

Telefone: (11) 3813-8598

Classificação: 18 Anos

Shows: Hellen Caroline (c/ participação especial do Péricles, e mais um convidado surpresa) e show do Lucas Morato.

Ingressos: Homem R$ 30,00 – Mulher R$ 25,00

Abertura da Casa: 23hs

 

 

HELLEN CAROLINE:

 

A música sempre fez parte da vida de Hellen Caroline. Nascida no litoral paulista, em Ubatuba, sua casa ficava entre uma emissora de rádio e aFundação de Arte e Cultura da cidade. Seguindo os passos da irmã mais velha, com apenas 5 anos de idade, começou a fazer parte do coral da instituição. Foi lá, inclusive, que aprendeu sua primeira canção, “Imagine”, de John Lennon.

Aos 11 anos, mudou-se para Taubaté, interior de São Paulo, e participou do coral da Escola Municipal de Artes “Maestro Fêgo Camargo”. Quarta filha de seis irmãos, Hellen sempre foi apoiada pela família que, percebendo sua tendência artística, não mediu esforços para dar a formação adequada e incentivar seu talento. O resultado foi positivo, com 12 anos compôs sua primeira música, “Sonho Real”, e aos 16 se profissionalizou e passou a fazer parte de bandas de baile do Vale do Paraíba e de São Paulo.

 

A experiência nas bandas foi muito válida, mas após um período apresentando um repertório determinado por outros profissionais, Hellen sentiu a necessidade de mostrar sua verdade e cantar suas composições e músicas de artistas que eram sua referência. “As minhas inspirações surgem muito do que eu vivo, do que me toca, de alguma história que me contam ou algum assunto que me comova”, reflete.  A partir daí começou a correr atrás dos seus ideais.

Admiradora do pagode dos anos noventa e fã dos grupos ‘Só Pra Contrariar’, ‘Exaltasamba’ e ‘Os Travessos’, Hellen sempre sonhou em ser pagodeira, mesmo que isso não fosse algo comum para uma voz feminina. “Postei meus pagodes no YouTube com receio de publicar e não gostarem por eu ser mulher. Mas, como não me sentia completa cantando outras coisas e por compor esse ritmo, resolvi arriscar. A resposta foi muito boa!”, comemora.

 

Após se inscrever por três vezes em um Reality Show musical, em 2011, a cantora teve uma posição de destaque na atração. Além de ser a mulher mais votada da temporada e de conquistar o terceiro lugar entre os 50 mil candidatos, ficou conhecida nacionalmente e ganhou fãs por todo o Brasil. Esse foi só o início. Depois desta participação, o número de shows aumentou e novas oportunidades foram surgindo. Em 2013 foi a grande vencedora do concurso “Mulheres que Brilham” de um programa de TV. O programa, que lhe deu ainda mais visibilidade, foi o responsável por apresentá-la a Rodriguinho (Ex-Travessos), seu grande ídolo e produtor musical do seu primeiro CD – O Sonho Aconteceu – lançado em maio de 2014. As músicas de trabalho “Príncipe Encantado” (Hellen Caroline) e “De Repente Amor” (Hellen Caroline / Rafinha Acústico) se destacaram na programação das rádios de todo o país.

 

MEU JEITO DE SER:

 

Considerada a nova e grande aposta do pagode, Hellen Caroline, a cada dia, conquista mais o seu espaço. Após a repercussão positiva do seu disco de estreia, a cantora apresenta o segundo trabalho repleto de novas nuances. “Esse segundo CD resume bem o que sempre ouvi. Além de misturar o pagode com o pop e o R&B, ousei mais na hora de cantar”, explica a morena que no final do mês de setembro lançou o single “Minha Metade”.

 

Intitulado MEU JEITO DE SER, o novo álbum conta com 15 faixas. Dessas, 5 são assinadas por Hellen Caroline que esclarece que não existe uma fórmula para compor, na verdade, o que existe é a inspiração, que pode chegar a qualquer hora e em qualquer lugar. Essa sensibilidade fica explícita em “Preto e Branco Colorido”, que passa uma linda mensagem de otimismo, na inspiradíssima “Impossível Terminar” e na animada “Filhinho de Papai”. O restante do repertório, escolhido a dedo, tem canções criadas por nomes conceituados da música como Thiaguinho na romântica “Triste sem Ti”, Edgar do Cavaco e Douglas Lacerda em “Paciência”, Prateado, Gustavo Lins, Umberto Tavares e Jefferson Junior na “Labirinto”, André Vieira e Wallace Vianna na “Livre, Leve e Solta”, que faz parte da trilha sonora da novela Global A REGRA DO JOGO, e Rodriguinho em “Minha Metade” e “Vou Te Deixar Sem Ar”. Aliás, Rodriguinho também assina a produção musical do disco. “O Rodriguinho sempre me influenciou. Meu ídolo e, hoje, amigo, sempre acreditou no meu trabalho desde a primeira vez que me ouviu. Confio demais no que ele faz. Sou eterna fã”, elogia Hellen.

 

Mostrando-se mais segura e em sintonia com sua música, o amadurecimento artístico de Hellen é nítido. Apaixonada pelo pagode e influenciada pelas bandas e cantores que agitaram o mercado nos anos 90 e 2000, a cantora se identifica com a mistura característica do estilo, mas reforça que o que mais ama é ficar a vontade na hora de cantar, sem se preocupar com rótulos. E é esse seu jeito de ser que ela apresenta com total transparência no novo álbum.

 

Confira: http://bit.ly/PlaylistMeuJeitoDeSer

 

1 – Minha Metade (Rodriguinho / Gaab Fernando)

2 – Preto e Branco Colorido (Hellen Caroline / Rafinha Acústico)

3 – Aparentemente (Gaab Fernando / Filipe Duarte)

4 – Vou te deixar sem Ar (Rodriguinho / Hellen Caroline / Gaab Fernando / Pedro Maia)

5 – Paciência (Edgar do Cavaco / Douglas Lacerda)

6 – Labirinto (Prateado / Gustavo Lins / Umberto Tavares / Jefferson Junior)

7 – Não Vai Rolar (Gaab Fernando)

8 – Fotografei (Davi Vianna / Sérgio Jr.)

9 – Impossível Terminar (Hellen Caroline / Pedro Maia)

10 – Triste Sem Ti (Thiaguinho)

11 – Livre, Leve e Solta (André Vieira / Wallace Vianna)

12 – Tá Me Fazendo Falta (Paula Mattos)

13 – Filhinho de Papai (Hellen Caroline)

14 – É Se (Gaab Fernando)

15 – Meu Jeito de Ser (Hellen Caroline / Pedro Maia / Gaab Fernando)